Ação de Periculosidade: Simarj vai responder na justiça calúnia contra SNA

por SINDICATO NACIONAL DOS AEROVIÁRIOS, 25/06/2018 às 14:26 em Artigos

A última calúnia inventada pelo Simarj (Sindicato dos Aeroviários do Município do Rio de Janeiro) deixou a direção do SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) estarrecida. Segundo representantes do Sindicato Municipal, nossa entidade teria cobrado 15% de honorários advocatícios sobre o valor referente à ação distribuída em 2005 que visava o pagamento de periculosidade dos funcionários da Gol, quando, na verdade, a empresa foi condenada pela justiça a pagar sucumbência.

A informação mentirosa pode ser facilmente refutada e o SNA não vai medir esforços para que o Simarj responda na justiça tamanha difamação. 

Processo de periculosidade da Gol: o valor pago foi integral

  • As ações de periculosidade foram iniciativas do SNA;
  • Foram ganhas em todas as instâncias;
  • A Gol foi condenada pela justiça a pagar os honorários advocatícios;
  • Como os valores eram muito altos, a Gol solicitou que os valores fossem parcelados;
  • O SNA apenas informou que faria assembleias com a categoria para saber se profissionais aprovariam o parcelamento, se ficasse garantido o pagamento de 100% do valor determinado pela justiça;
  • Na assembleia realizada em maio, pela diretora Selma Balbino, já que o presidente do SNA estava realizando trabalho de base em outro estado, a categoria aprovou pagamento parcelado em até sete vezes;
“Não foi cobrado nenhum valor dos aeroviários representados pelo SNA. Nem o SNA, nem o jurídico do SNA, cobrou dos trabalhadores. A empresa foi condenada a pagar a sucumbência. O SNA vai tomar as medidas legais contra as alegações mentirosas que estão sendo levantadas pelo Simarj”.
Álvaro Quintão, assessor jurídico do SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários)
 
“Fui contemplado pelo processo de periculosidade da Gol, feito pelo Dr. Álvaro Quintão, que de forma excelente nos permitiu lograr êxito. Afirmo que recebi minha quota do processo de forma integral e meus amigos também. O sindicato não descontou nenhum valor a título de honorários de nossas indenizações. Continuo acreditando e lutarei sempre em nome dessa instituição histórica e cada vez mais presente nas bases”.
Bruno de Luna, ex-funcionário da Gol que integrou a ação coletiva de periculosidade iniciada pelo SNA.

Por que o SNA cobra 1,5% de contribuição associativa?

Diferente do que alega o Simarj, o percentual de 1,5% pago pelos trabalhadores se refere a contribuição associativa, aprovada pelos sócios do SNA e que sustentam todos os serviços e benefícios oferecidos pelo SNA. Esta é uma contribuição voluntária, que permite o SNA continuar lutando e garantindo direitos aos aeroviários. Nossa contribuição é 0,5% mais alta do que a do Simarj sim, mas oferecemos uma série de benefícios que este sindicato não oferece.

Conheça nosso trabalho

Assessoria jurídica gratuita para todos os filiados de todas as nossas bases do Brasil. Temos advogados que prestam plantão e atendem todos os estados que representamos, sem cobrar nada dos sócios e sócias do SNA. Os endereços e contatos de cada um dos escritórios que estão disponíveis para atendimento da categoria, não somente no Rio de Janeiro, mas em todo o país, pode ser conferido AQUI

Atendimento de previdência social gratuita para associados. Nosso departamento aposenta associados sem cobrar absolutamente nada. Qualquer escritório cobra os três primeiros salários para aposentadoria, o que não é o caso de nossa assessoria previdenciária. Sócios e sócias do Rio de Janeiro podem agendar um horário para receber toda consultoria gratuita, por profissionais qualificados. O endereço e contato pode ser conferido AQUI

Convênios nas áreas de saúde, educação e lazer a nível nacional. Temos parcerias com universidades, escolas de aviação, cursos de formação técnica, curso de línguas estrangeiras, auto escolas, planos de saúde e odontológicos, farmácias, óticas, empresas de auto peças, academias, clínicas de estética, barbearias e salão de cabeleireiro, parques aquáticos, pousadas, bares e restaurantes. Os convênios espalhados por todo o Brasil, que garantem descontos especiais para todos os nossos sócios e sócias na contratação dos serviços, podem ser conferidos AQUI

Espaço de lazer exclusivo para associados. Rio de Janeiro, Belém e Brasília possuem Colônias de Férias exclusivas do SNA, que possibilitam aos associados e suas família um espaço de descanso e entretenimento. Endereços e contatos para reservas disponíveis AQUI

Futebol gratuito para associados. O SNA organiza em diferentes bases partidas de futebol gratuitas para sócios, que ocorrem uma vez por semana. Basta comparecer com a chuteira e o resto fica por conta do Sindicato. Endereços e contatos disponíveis para informações podem ser conferidos AQUI

SNA representa no Rio de Janeiro, SIM!

A CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) da categoria aeroviária, que é uma das melhores do Brasil e garante direito à cesta básica, folgas agrupadas, licença maternidade de seis meses, direito à creche para aeroviárias com crianças de até dois anos, pagamento de 100% e 150% de horas extras, entre uma série de outros direitos, apenas existe graças a luta do SNA e demais Sindicato filiados à CUT (Central Única dos Trabalhadores).

Não existe uma única cláusula na CCT usada pelo Simarj no Rio de Janeiro que não tenha sido conquista do SNA e entidades parceiras. O Simarj nunca conquistou nada. A única diferença na CCT utilizada pelo Simarj é uma cobrança extra chamada custeio sindical, que neste ano fez com que alguns profissionais chegassem a pagar valor absurdo em torno de R$ 50.

E o que este Sindicato oferece à categoria em troca?

Reintegrações no Rio de Janeiro

Provas de que a justiça reconhece a representatividade do SNA no Rio de Janeiro são os casos de reintegração nos aeroportos do município. As empresas que demitiram nossos dirigentes sindicais receberam ordem judicial de reintegração, já que representantes do SNA têm estabilidade e não podem ser dispensados de suas atividades nas companhias aéreas. Todos os nossos casos de reintegração em empresas como Gol, Swissport, TAP/ME, TAM, entre outras, podem ser conferidas em nosso site www.sna.org.br.

Texto: Ag. Amora

Fotos: Divulgação

 

Tags:   periculosidade-gol