Em Construção

Estamos construindo um novo portal do Sindicato. Em breve estaremos com um serviço completo à sua disposição. Mais

em construção

Canal SNA

 

Policiais armados à paisana não permitiam a passagem de aeroviários e aeroviárias. Foi assim que defensores da criação do Sindiaero (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Aeroviários da Bahia) impediram a categoria de participar da assembleia que poderia resultar no desmembramento de uma base do SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários). A votação fraudulenta, que viabilizaria a fundação desse sindicato estadual, foi realizada no dia 8 de julho, no Clube dos Funcionários Públicos, na cidade de Lauro de Freitas. 

Trabalhadores e trabalhadoras impedidos de participar se revoltaram. A indignação aumentou quando foi descoberto que muitas das pessoas autorizadas a entrar sequer faziam parte da categoria, mas tiveram a passagem liberada por integrarem a CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), organização que apoia a fundação do Sindiaero. Já os profissionais que eram contra a criação do sindicato estadual e defendem o SNA, entidade filiada a FENTAC/CUT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil/Central Única dos Trabalhadores), mesmo com a sua identificação foram barrados na porta. Um representante de cartório fez uma lista com o nome de todos os impedidos de votar. 
Texto e imagens: Cláudia Fonseca